Transição

Provavelmente você já teve experiências assim:

Participou de algum curso que prometia mudanças – tavez um curso de algumas horas, um final de semana, alguns dias — não importa.

O curso foi muito bom, foi muito proveitoso, você ficou muito satisfeito.

Saiu do curso com a certeza de que desta vez, finalmente faria a mudança com que vinha sonhando.

Mas, depois de alguns dias, algumas semanas ou alguns meses, as mudanças não acontecem ou não se sustentam….

Você começa a duvidar da eficácia do curso, seu conteúdo, ou até mesmo de sua própria capacidade.

 

Isso acontece com muitas pessoas. Muitas, mesmo.

 

No mundo dos negócios, “transição” é um conceito que começa a receber atenção.

 

Transição é aquele hiato entre o estado atual em que a pessoa se encontra e o estado desejado, o objetivo, o resultado da mudança.

Transição é aquela fase delicada, instável,sensível, em que você não está mais no velho terreno conhecido, mas ainda não está instalado com segurança e conforto no novo lugar.

Um executivo que é enviado para dirigir uma unidade no exterior, onde o idioma é diferente, a cultura é diferente, onde nem tudo que era considerado certo no país de origem não tem mais sentido, hábitos, costumes, valores diferentes, etc. costuma sofrer nessa fase de transição.

Um trabalhador operacional que acaba de ser promovido a supervisor vive os mesmos dramas.

Um técnico que foi demitido e resolve abrir um negócio próprio, passa também por essa fase de transição.

 

E o mesmo acontece com qualquer um que queira fazer mudanças significativas em sua vida.

A decisão de ir morar só ou com alguém, mudar de profissão, e até mesmo a decisão de ganhar o dobro do que ganha atualmente têm sua fase de transição.

 

Os estudiosos do assunto descobrirram que muitas vezes, a resistência não está na mudança em si, mas na transição.

 

Algumas empresas e alguns profissionais descobriram a importância do apoio durante a fase de transição.

Sem apoio, há grandes possibilidades de se comprometer a mudança: desistências, elevado nível de estresse, atitudes desastrosas,  fracassos, etc.

Hoje há profissionais especializados nesse trabalho: os coaches de transição.

 

Se você já fez excelentes cursos, leu livros brilhantes, sente-se capaz e inteligente, mas a mudança continua difícil, o problema pode estar na forma de lidar com a transição.

Transição é como a travessia da pinguela: você quer fazer isso sozinho, sem apoio?

 

 

 

4 respostas para Transição

  1. […] Essa entrada foi postada em 0, 30 30UTC março 30UTC 2011 às 16:15 sob a(s) categoria(s) Uncategorized. Você pode acompanhar as respostas desse post através do RSS 2.0feed. […]

  2. daniel guedes disse:

    quero fazer a pnl com mizujii
    considero mizujii o melhor especialista de pnl do brasil

  3. daniel guedes disse:

    mizujii me passa o valor do curso de pnl

  4. Para mim a melhor transição é feita com bom humor por isso recomendo Abraham-Hicks e o seu sagrado livro “Peça e Será Atendido.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: