Você sofre porque quer

Esta é a frase que um homem que trabalhou comigo falava com freqüência.

Você concorda?

O sofrimento é seu. Quem sente isso é você. E como isso acontece?

Você sofre porque seus pensamentos estão direcionados para algo que provoca esse sofrimento. Você está com foco naquilo que é desagradável, detestável, doloroso, feio, triste, assutador, desanimador, revoltante,etc. E ao dirigir seu foco para aquilo, aos poucos, começa a ter o sentimento condizente com aquilo que está observando. E sofre.

Portanto, o sofrimento foi provocado por você.

Voce pensa diferente?

Algumas pessoas  acham que são “obrigadas” a olhar para essas coisas, porque “não se pode negar a realidade”.

Mas, pense um pouco: de quem são os olhos? De quem são os ouvidos? De quem é o cérebro? E quem manda nos seus olhos, ouvidos, cérebro? Espero que você esteja mandando em seus olhos, ouvidos, cérebro.

Se você manda neles, você pode escolher onde dirigir seu foco.

Você pode olhar para aquelas coisas desagradáveis e sofrer. Se quiser.

Mas não precisa ser assim.

Mesmo porque o sofrimento em nada vai mudar aquela situação desagradável.

Se você não gosta de ver, mas “não consegue deixar de ver” por causa de sua “consciência” (quem é o dono dessa consciência?) proponho que faça diferente.

Experimente fazer as seguintes  perguntas:

Como seria, se esse problema estivesse resolvido? O que seria diferente?
E se houvesse uma forma de mudar, como poderia ser?
Estou disposto a inerferir e provocar uma mudança?
etc.

Ao invés de sofrer, você começará a buscar soluções.

Mas, se quiser continuar sofrendo, a opção é sua…

Você sofre porque quer. Meu amigo estava com toda razão.

Mizuji

2 respostas para Você sofre porque quer

  1. Nilceia Maria dos Santos disse:

    Que simplicidade….E ficamos querendo acabar com o mundo para criar outro…e ficamos achando que não há solução… Taí a contribuição do Professor mostrando, ensinando a simplicidade de criar o desejavel, o almejado,
    Obrigada Professor. Minha admiração e gratidão fica aqui registrado.
    Nilceia

  2. Gilda Pacheco disse:

    Que maravilha,professor Mizuji, adorei o texto e eu estou me reeducando a cada minuto, para que eu possa me libertar do hábito de ficar remoendo as coisas negativas. adorei.Obrigada Mizuji.Gilda

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: